The Snake Stories

Série Contos de Snake - Tempo Paralelo, Caleidoscópio e Romances em Fragmentos


O escritório de Grão-Mestre Dominique Hanon estava mergulhado na semiluz do crepúsculo vespertino, que se desmanchava após a pequena janela acima da escrivaninha onde o líder sempre costumava estar ao receber suas visitas. O Mago encarava seriamente a portadora daquelas lembranças. Com os dedos recostados uns aos outros pelas pontas, Hanon parecia fazer uma analise de sua observadora. 

A voz fina e suave de Julienne quebrou o silêncio que ali imperava. Ela titubeava em suas palavras, como desconcertada por algo, tentando em vão esconder o que podia haver em seu coração. O assunto era delicado demais e preferiria deixar que o tempo se ocupasse em desvendar esse seu mistério do que encará-lo de frente e tomar decisões precipitadas. 

— Eu... eu não compreendo, Mestre Hanon... como assim eu ter... certa admiração pelo... Mestre Lavoisier?! ... C-claro que Laurent Lavoisier é uma pessoa a ser admirada por... por sua inteligência e... também por seus emprenho na causa da Revolução e... também por se arriscar tanto sendo um espião, um Yagi, mas... não compreendo por que o senhor me chamou até aqui para me perguntar sobre a minha admiração por Lavoisier?! – Julienne estava nervosa, gesticulava muito e não ousava encarar os olhos de Hanon, desviando-se para o restante da sala. 

Hanon sorriu e levantou-se de sua escrivaninha, contornando-a e parando próximo à Julienne, com os braços cruzados às costas. 

Com o sorriso largo e uma postura descontraída, Hanon tenta deixar sua mensagem mais clara para ela, que agora o encarava apreensiva e em defensiva, muda, com o maxilar fechado à força. 

— Haverá um momento em que o Mestre Lavoisier terá que fazer coisas que pareçam contraditórias e absurdas e o fará sob meu comando. E por mais que Laurent seja um homem frio e ponderado, ele pode sentir-se desnorteado, e poderá mergulhar de cabeça nas Trevas por buscar uma resposta que não encontrará fácil. Então é preciso que você, Srta. Jouvin, vá, estenda sua mão e traga-o de volta até nós. Simples. 

Julienne tremia. Sua cabeça havia sido pega por um turbilhão de informações confusas. Que coisa louca era essa que Hanon lhe dizia e mandava fazer?! 

— Grão-Mestre! E-eu não consigo entender o que está me dizendo! O que vai acontecer, afinal?! O que eu tenho a ver com tudo isso?! Como e por que eu teria que fazer isso por Lavoisier?! Isso é absurdo! 

— Como sempre, a senhorita pergunta demais... apenas confie no que lhe digo. Há futuros que são imutáveis, mesmo que tenhamos um tempo de cem anos para mudá-lo... e somente a senhorita poderia fazer o que lhe peço. Como? A senhorita encontrará uma forma quando for necessário. Por quê? Porque a senhorita é a única neste mundo que tem a condição de fazer isso por Laurent Lavoisier...


Continua... 

Se quiser adquirir o Romance em formato de livro, poderá fazê-lo através destes links:

Clube de Autores - livro em formato impresso.
Amazon Kindle Store - livro em formato digital.
Donativo - Se preferir apenas fazer uma colaboração, pode fazer seu donativo de qualquer valor através do PagSeguro da Uol.

Grata!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Santa Tranqueira Magazine